26/06/2016 às 22h56min - Atualizada em 26/06/2016 às 22h56min

Polícia apreende 100 garrafas de uísque falsificado nos festejos de São João do PI

Cidadeverde

Uma investigação de três dias durante os festejos do padroeiro em São João do Piauí ocasionou na apreensão de mais de 100 garrafas de uísque adulterado e na prisão do principal suspeito do crime, identificado como Luís Paulo Ramos, natural de Campo Maior.

De acordo com o delegado João José, o J.J., da Delegacia de Combate ao Crime contra Ordem Tributária e Relações de Consumo (Deccortec), ele não tinha autorização da prefeitura para montar a barraca nos festejos e chamou atenção pelo preço que vendia as bebidas. 

“Encontramos marcas falsificada como Old Par, Red Lable, Cavalo Branco, Black Write. Uma garrafa de Old Par que custa R$ 120 era vendida por R$ 60, R$ 40 um preço bem menor. Isso qualifica crime contra a relação de consumo e interesse social”, declarou o delegado J.J.

O titular da Deccortec revela ainda que o principal suspeito frequenta festas pelo interior vendendo bebida adulterada. “Ele é de Campo Maior e sai em todos dos festejos oferecendo as bebidas falsificadas”.

As bebidas foram apreendidas e encaminhadas para a perícia em São Paulo onde quando será possível revelar o grau de mistura e os componentes utilizados nessas adulterações.   

Além de Luís Paulo, a polícia ouviu outro vendedor que confessou e foi liberado. Outros suspeitos fugiram quando viram a abordagem da polícia na barraca de Luis Paulo. 

O crime tem pena de dois a cinco anos de retenção. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »